Com o objetivo de estimular os cidadãos mineiros a participarem dos esforços para construir comunidades mais resilientes a desastres, o Governo de Minas, por meio do Gabinete Militar do Governador/Defesa Civil de Minas Gerais promoveu, nesta sexta-feira (9/10), o Webinário em comemoração ao Dia Internacional de Redução de Desastres, com o tema “Cidades Resilientes e soluções”.

Essa data foi escolhida em virtude do Dia Internacional de Redução de Desastres, no dia 13 de outubro, e também da Semana Nacional de Redução de Desastres, comemorada, no Brasil, na segunda semana de outubro de cada ano.


webinario

 

Clique aqui e baixe as palestras do evento

No Webinário, que foi transmitido online, pelo canal da Defesa Civil, no Youtube, foram apresentados os desafios, boas práticas e soluções para redução dos riscos de desastres nas diversas realidades brasileiras. Foram mais de duas horas de conteúdo, que seguem disponíveis no canal, e participação de diversos municípios mineiros e também de outros estados, como São Paulo, Santa Catarina e Rondônia.

O evento contou com a participação do Chefe do Gabinete Militar do Governador e Coordenador Estadual de Defesa Civil, Coronel PM Osvaldo de Souza Marques, da Secretária de Estado de Meio Ambiente do Governo de Minas Gerais, Marília Carvalho de Melo, e do Diretor-Presidente do Centro de Inteligência Territorial da UFMG, Felipe Nunes. O mediador do debate foi o Coordenador Adjunto da Defesa Civil de Minas Gerais, Tenente-Coronel PM Flávio Godinho Pereira. 

Dia Internacional de Redução de Desastres

A Assembleia Geral das Nações Unidas designou a data de 13 de outubro como o Dia Internacional da Redução de Desastres. O objetivo é promover uma cultura global para a redução de desastres, incluindo aspectos de prevenção, mitigação e preparação. 

É uma oportunidade de reconhecer o progresso feito na redução de desastres e na redução das perdas de vidas, alinhados ao objetivo do Marco de Sendai para Redução do Risco de Desastres 2015-2030, adotado na Terceira Conferência Mundial das Nações Unidas sobre Redução do Risco de Desastres, realizada em março de 2015 no Japão.

Em 2016, o Secretário-Geral das Nações Unidas lançou a campanha “Sendai Seven” para promover cada uma das sete metas ao longo de seus sete anos de duração. A meta para 2020 é: "aumentar significativamente o número de países que têm estratégias de redução de risco de desastres nacionais e locais até 2020."